Menu fechado

PGR denuncia ministro da Educação por homofobia

Tudo teve início quando o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em uma entrevista ao jornal O Estado de São Paulo atribuiu a homossexualidade a “famílias desajustadas”.

O vice-procurador geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, ao analisar o caso entendeu que Milton cometeu o crime de homofobia. – “Ao desqualificar grupo humano publicamente e por meio de comunicação social publicada, depreciando com relação a outros grupos em razão de orientação sexual, o denunciado adota um discriminamento vedado e avilta integrantes desse grupo e seus familiares emitindo um desvalor quanto a pessoas, induzindo outros grupos sociais”.

O vice-procurador da república asseverou que foi oferecido ao ministro um acordo de não persecução penal, para o não seguimento do procedimento, mas, o ministro teria recusado.

O relator do caso é o ministro Dias Toffoli, a quem cabe decidir se aceita ou não a denúncia que está sendo oferecida pela Procuradoria-Geral da República contra o ministro da educação, por homofobia.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA ” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

1 Comentário

  1. Francisco Euclides dos Santos

    Porque não é crime quando muitas pessoas desqualificam o presidente da República atribuindo ao mesmo o crime de jenocidio sendo ele inocente?? Qui é pior ser chamado de desajustado ou jenocida?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.