Menu fechado

Internet ficará até 70% mais cara no Ceará com cobrança adotada pela Enel

A Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) estima reajuste de até 70% no preço cobrado pelos pacotes de internet banda larga no Ceará a partir do mês de março. O aumento será em decorrência da implementação, por parte da Enel, de uma segunda taxa para instalação do equipamento necessário para distribuição da rede nos postes de energia elétrica. 

A cobrança, ainda que prevista em contrato, nunca havia sido aplicada pela empresa, conforme Rhian Duarte, gerente de Relacionamento Institucional, Regulatório e de Comunicação da Abrint. “Os pequenos provedores não terão como arcar com um aumento que pode até quintuplicar as despesas deles, ainda mais de uma hora para outra”, pontua. 

A Enel afirma ter comunicado previamente sobre o início da cobrança da taxa, porém, a Abrint diz que os avisos foram recebidos apenas na última sexta-feira, 11 de fevereiro. “Todos foram pegos de surpresa pela taxa e já na fatura de março, sendo que ela nunca havia sido adotada. Nós já pagamos o aluguel dos postes, ter que pagar um adicional por cada equipamento adicional que for instalado é um prejuízo enorme”, complementa. 

O Povo Online

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA ” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

1 Comentário

  1. maria de fatima ribeiro

    dinheiro quando se trata de dinheiro e roubo pra la pra ca tem que dividir uns pros outros ora bolas internet não pode ficar tao cara devido os fios da enel e outra e uma robalheira so os fios todos caidos eu acho que eles tao cobrabdo sao os fios caidos pelo chao e demais viu?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.