Menu fechado

Colômbia se junta a 5 países da América Latina ao liberar a morte de fetos até 6 meses de gestação

Nessa segunda-feira (21), a Corte Constitucional da Colômbia descriminalizou o aborto até 24 semanas de gestação. Após mais de oito horas de debate, o Supremo Tribunal tomou a decisão histórica com uma maioria simples de 5 a 4.

Até então, o Código Penal da Colômbia considerava o aborto legal em três casos específicos: estupro ou incesto, malformação fetal que inviabilizasse sua vida, ou quando a continuação da gravidez constituisse um perigo à vida ou à saúde da mulher, atestado por um doutor.

Mas realizar um aborto fora desses três cenários era considerado um crime. Isso mudou: agora é possível abortar até 6 meses de gravidez. Após a 24ª semana de gestação, aplicam-se os três motivos específicos para realizar um aborto legal.

Este movimento busca que “nenhuma mulher vá para a cadeia por decidir sobre seu corpo; e que os profissionais de saúde possam exercer sua profissão sem criminalização ou estigma”.

Segundo o Causa Justa, ao decidir a favor da eliminação do aborto como crime, a Corte alcançaria o reconhecimento da “liberdade e autonomia das mulheres para decidir sobre seus corpos e projetos de vida, características fundamentais da cidadania plena”.

A outra ação foi movida pelo advogado Mateo Sánchez em 2020, em meio a um contexto social no país em que se discutia a criminalização total do aborto —incluindo a eliminação dos três fundamentos— e projetos de lei no Congresso com o mesmo objetivo.

Com a decisão desta segunda, a Colômbia se torna o sexto país da América Latina a flexibilizar o acesso à interrupção da gravidez, se juntando a Argentina, Cuba, Guiana, México e Uruguai.

CNN

CÁ PRA NÓS: A morte de bebês, sim bebês, é ato perverso, cruel, que se distancia dos sentimentos mais nobres da humanidade. Antes, ter consciência acerca das responsabilidades de uma gestação, nunca, após, pregar o assassinato de inocentes. Precisamos como nação, varrer da política quem defende a morte com uma desculpa esfarrada e irresponsável do “meu corpo”. Precisamos de orações e vozes destemidos.

  • Chama-se de feto o estágio de desenvolvimento intrauterino que tem início após nove semanas de vida embrionária, quando já se podem ser observados braços, pernas, olhos, nariz e boca, e vai até o fim da gestação. O estágio anterior a este é conhecido como embrião.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA ” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

2 Comentários

  1. Miro

    Assassinato em massa ,quando uma criança de 6 meses totalmente formada é morta autorizado pelo governo de um país é chamar maldição para este país governado por assassinos e povo perverso ,Deus não dorme e logo receberão o troco ,com fome ,doenças e toda sorte de calamidades para colher o quê plantou…malditos covardes .

  2. Fabio Santos

    A vida pertence a Deus, e quem tira terá sem dúvidas sua sentença pois de Deus não se zomba;!!
    Não é mas fácil usar compridos já que querem está dispostas a pegar uma doença!!
    Comprar uma camisinha, já quê é tão barata!
    Tem que colocar um inocente no meio dessa pouca responsabilidade????
    Mas todos verá o que esse mapa trará pra essa nação!! Olhe nos próximos anos o que ocorrerá!! Que Deus nos proteja!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.