Menu fechado

Ucrânia confirma morte de mais de 40 soldados em invasão da Rússia. 6 aviões russos abatidos

Embaixada do Brasil emite alerta aos brasileiros no país. Otan se pronuncia

A Rússia invadiu a Ucrânia expandindo sua presença não somente nos territórios que havia reconhecido independente e são em parte pró-Rússia.

Nas primeiras horas do dia a Embaixada brasileira na Ucrânia emitiu um alerta no sentido que os brasileiros devem seguir as instruções locais e acompanharem as notícias. A recomendação para o momento é de se ficar em casa, exceto, se houver ativação sirenes.

A página da embaixada brasileira em Kiev ainda respondeu um dos comentários na postagem dizendo o seguinte, que os brasileiros não devem se dirigir por enquanto para a embaixada e que novas orientações serão repassadas ao longo do dia. Ontem a embaixada reforçou aquela recomendação para os brasileiros não viajarem pras regiões de Lugansk e Donetsk que são as regiões separatistas ainda controladas pelo Ucrânia, mas que foram reconhecidas pelo governo russo como independente.

No Brasil de acordo com a representação central ucraniana brasileira, são cerca de 600 mil ucranianos, a maioria, cerca de 80% vive no sul, no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e também aqui em São Paulo. A Ucrânia tem três consulados honorários, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, um também em Blumenau, Santa Catarina e um em Paranaguá, no estado do Paraná, além da embaixada em Brasília. A Ucrânia apela à comunidade internacional para que haja imediatamente para parar a agressão de Vladimir Putin contra a Ucrânia. “Nossos parceiros devem ativar imediatamente um pacote de novas sanções”, foram essas as palavras utilizadas pela Embaixada da Ucrânia em Brasília.

Enquanto brasileiros na Ucrânia se preparam para dias tensos, notícias de correspondentes apontam, segundo autoridades ucranianas, que 40 militares do país foram mortos. Armas serão distribuídas para todos os reservistas, além, de qualquer pessoa com treinamento. Forças ucranianas teriam disparados contra dois navios russos e seis aviões russos podem ter sido abatidos.

Jens Stoltenberg, chefe da Otan, falou agora da invasão “planejada e de sangue frio” pela Rússia, tendo utilizado uma rede de mentiras para agredir um país soberano que não provocou ato de guerra. Tropas da Otan estão em alerta com mais de 100 jatos e 120 navios. “Nessa sexta-feira haverá reunião da cúpula da Organização, sérias sanções econômicas já estão sendo implementar e a Rússia pagará caro por essa agressão”, disse.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.