Menu fechado

Brasil se posiciona a favor de resolução contra Rússia

O Brasil se posicionou pela primeira vez e condenou a invasão em uma votação do Conselho de Segurança que a resolução não passou, mas o peso diplomático da discussão e do placar final é muito importante, especialmente porque vai ficar para história a imagem da Rússia sozinha com a mão levantada votando contra a resolução. Onze países votaram a favor. A China se abstendo não se alinhou com a Rússia, explicando que se absteve porque não acha que o conflito é a saída, e sim abrir espaço para o diálogo, porém, também é importante levar em consideração a preocupação da Rússia com a segurança, apontando que é preciso mudar o esquema na Europa que vai na linha geopolítica da Rússia.

A Rússia fez um discurso muito agressivo e disse entre outras coisas que não vai nem começar a competir com os Estados Unidos para ver quem invade mais países falando do Aferiganistão e do Iraque. Foi uma reunião muito tensa onde a Ucrânia ao final pediu um momento de silêncio por todas as pessoas que já morreram e que ainda vão morrer na guerra. Ao final houve aplausos.

Já o governo brasileiro fez um voto também a favor dessa resolução, mas disse que ela não abre o espaço necessário para diálogo. Foi uma aprovação, mas também foi uma crítica.

O Conselho de Segurança da ONU é composto ao todo por 15 países, dentre eles cinco são membros permanentes e por isso têm o poder de vetar resoluções. ChinaEstados Unidos, França, Reino Unido e Rússia são os detentores deste poder.

*Na foto embaixador russo isolado veta resolução

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.