Menu fechado

Denúncia: professores estariam assediando alunas de escola em Fortaleza

Estudantes de uma escola pública da rede estadual de ensino localizada no Bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, afirmam que dois professores praticam assédio contra alunas há pelo menos dois anos. Com cartazes, os estudantes realizaram um protesto pelos corredores da escola nesta quinta-feira (17).

Segundo a mãe de uma aluna, os dois professores passavam a mão nas meninas e pediam para que elas enviassem vídeos íntimos para eles. Os pais também denunciam que os docentes não tomavam providências com relação a casos de racismo registrados na instituição.

Durante o protesto, um grupo de alunos deu várias voltas pelos corredores com cartazes que diziam: “mexeu com uma, mexeu com todas”. Um novo ato foi marcado para esta sexta-feira (18), também na escola.

A Secretaria da Educação (Seduc) informou que a diretoria da escola recebeu denúncia esta semana e que está, junto com a assessoria jurídica da secretaria, adotando as providências cabíveis. Reuniões com a comunidade escolar são realizadas para esclarecer questionamentos.

Ainda segundo a Seduc, orientação é para que os fatos sejam apurados dentro da legalidade, assegurando a proteção ao sigilo individual dos estudantes, que são menores de idade, e docentes.

g1

CÁ PRA NÓS: Denúncia gravíssima que merece pronta investigação da POLÍCIA CIVIL. 🚨

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.