Menu fechado

Lula critica classe média e defende o aborto

O ex-presidente Lula participou nesta terça-feira, 5, de um debate promovido pela Fundação Perseu Abramo e a Fundação Friedrich Ebert, entidade alemã que promove iniciativas na área de desenvolvimento ambiental. No evento, ele criticou a classe média, a elite brasileira  e ainda defendeu o aborto.

“Nós temos uma classe média que ela é muito, ela ostenta um padrão de vida que nenhum lugar do mundo a classe média ostenta. Nós temos uma classe média que ostenta um padrão de vida que não tem na Europa, que não tem em muitos lugares, as pessoas são mais humildes. Aqui na América Latina, a chamada classe média ostenta muito um padrão de vida acima do necessário”, disse Lula.

O ex-presidente defendeu limites para o consumo da classe média. “É uma pena que a gente não nasce e a gente não tem uma aula: o que que é necessário para sobreviver? Tem um limite que pode me contentar como um ser humano.

Em seguida, o ex-presidente comentou a a chamada pauta da família e dos costumes.  Primeiro, defendeu o aborto: “Aqui no Brasil, as mulheres pobres morrem tentando fazer um aborto, porque é proibido, o aborto é ilegal”, disse . “Aqui  ela (mulher) não faz porque é proibido, quando na verdade deveria ser transformado numa questão de saúde pública e todo mundo ter direito e não ter vergonha. Eu não quero ter um filho, eu vou cuidar de não ter meu filho”, ressaltou o ex-presidente.

Veja

CÁ PRA NÓS: O ex-presidiário e descondenado abriu as chaves do inferno ao combater o capitalismo e o aborto. De uma vez só conseguiu detonar a classe média e a vida. O que é necessário é um amplo programa de conscientização e meios a disposição para se evitar a concepção, e não se matar bebês, bebês sim, com ajuda estatal.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

1 Comentário

  1. Pingback:“Liberdade, democracia e vidas não se resolvem em uma mesa de bar.” diz ex-embaixatriz da Ucrânia | SMP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.