Menu fechado

Michelle Bolsonaro sai em defesa do respeito a Jesus, diante de teoria bizarra

Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo, neste fim de semana, expôs uma tese de que Jesus Cristo foi abusado sexualmente antes de ser crucificado. A tese é defendida pelo professor de teologia e questões públicas da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, o anglicano David Tombs. 

Prestes a lançar um livro sobre o tema e com artigos publicados, ele defende que os relatos de nudez de Jesus Cristo na bíblia, durante a crucificação, apontam que ele foi abusado sexualmente. Ele destaca uma passagem em especial: 

No Evangelho de Marcos é relatado que uma coorte (uma unidade militar de cerca de 500 soldados) assistiram Jesus se despir enquanto ele era espancado.

“Então, Pilatos, querendo satisfazer a multidão, soltou-lhes Barrabás, e, açoitado Jesus, o entregou para que fosse crucificado. E os soldados o levaram para dentro do palácio, à sala da audiência, e convocaram toda a coorte. E vestiram-no de púrpura e, tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram na cabeça. E começaram a saudá-lo, dizendo: Salve, Rei dos judeus! E feriram-no na cabeça com uma cana, e cuspiram nele, e, postos de joelhos, o adoravam. E, havendo-o escarnecido, despiram-lhe a púrpura, e o vestiram com as suas próprias vestes, e o levaram para fora, a fim de o crucificarem.” 

De acordo com Tombs, embora haja uma resistência em entender a nudez sem consentimento como um abuso sexual, o que Jesus passou foi uma violência. “Vejo a nudez forçada de Cristo como uma forma de violência sexual”, afirmou à Folha.  De acordo com a reportagem, “por séculos, as artes plásticas traduziram o desnudamento antes da execução como um aspecto lateral, que Jesus encarou serenamente ao subir à cruz que marcou o pensamento do Ocidente.”

No Twitter, a primeira-dama Michelle Bolsonaro criticou a opinião do teólogo. Pela rede social, Michelle chamou a afirmação de “insanidade”, “cristofobia” e “falta de escrúpulos”. 

CÁ PRA NÓS: A obsessão do momento é atacar a fé cristã com teorias bizarras como essa que ganha espaço na imprensa esquerdista.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

1 Comentário

  1. João Aparecido Soares

    A bíblia diz que não devemos aceitar peitas contra os inocentes ou indefesos,acho que a primeira dama estar corretíssimo em sair na defesa da: honra,santidade,e respeito das verdadeiras histórias bíblicas ,mas é bom lembrar que todos teriam que prestar conta ao,O grande DEUS .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.