Menu fechado

Acordo PT e PCC rendia a Cuba 85% dos valores que englobava o pagamento do programa “Mais Médicos”

O acordo entre o governo petista (PT) de Dilma Rousseff e o Partido Comunista de Cuba (PCC) para a presença de cerca de 11 mil médicos cubanos no Brasil, através do programa “Mais Médico”, intermediado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), enviou para a ilha de Che e Fidel 85% dos bilhões pagos pelo governo brasileiro. A OPAS recebia 5% e os médicos apenas 10%, cerca de R$ 3 mil reais por médico.

Quatro médicos cubanos que vivem nos EUA ingressaram com uma ação no Tribunal de Apelação naquele país contra a Organização por terem sido submetidos a trabalho análogo a escravidão e vitimas de tráfico humano. O governo Dilma no outro polo jurídico poderia ser cúmplice dos crimes, em tese, descritos na ação.

Segundo apurou o UOL, o convênio resultou num pagamento pelo Ministério da Saúde de R$ 7,1 bilhões, entre os anos de 2013 e 2017. O acordo prevê que 5% desse montante fique com a Opas, a fim de cobrir os “custos indiretos decorrentes da cooperação técnica”.

“Quanto será que nós, contribuintes brasileiros, vamos ter que pagar se formos processados como a Opas e condenados a indenizar os milhares de profissionais cubanos que participaram do programa Mais Médicos. Esses quatro médicos estão abrindo a porteira; será que tem uma boiada para passar?”, indagou o jornalista Alexandre Garcia em seu artigo desta sexta-feira, 15, na Gazeta do Povo.

Redação smp.news com informações Gazeta do Povo e Uol

CÁ PRA NÓS: Mais bilhões para uma ditadura aliada do PT. Se não bastasse empréstimo de outros bilhões a juros diferenciados, prazo esticado, garantia de produção de charutos caseiros e finalmente calote.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA- Compartilhe, fortaleça a mídia independente.

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.