Menu fechado

Lula em entrevista à Time diz que economia a gente ver depois e que Zelenski é responsável pela guerra com a Rússia

O ex-presidiário Lula ao ser entrevistado pela Time, a mesma que deu destaque a Stalin* por duas vezes e Adolf Hitler**, foi questionado acerca de como ele agiria caso ele vencesse a eleição, principalmente na questão econômica. Lula apontou que não existe nenhum tipo de mistério – só vai discutir depois que ganhar as eleições ou então passar por esse processo. Mas de toda forma ele disse que se as pessoas quiserem saber como vai ser a economia sobre o comando dele basta ver o que fez enquanto estava como presidente da república entre 2003 e 2010. “A gente não discute política econômica antes de ganhar as eleições, primeiro você precisa saber ganhar, você precisa ganhar para depois saber com quem você vai compor e o que você vai fazer”, declarou.

Em outro ponto, o descondenado fala sobre a situação da guerra entre Rússia e Ucrânia. Em sua visão o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, é responsável por essa guerra com a Rússia, “as vezes eu fico vendo o presidente da Ucrânia na televisão como se tivesse festejando, sendo aplaudido de pé por todos os parlamentos. Ele quis a guerra, se ele não quisesse essa guerra ele teria negociado um pouco mais”.

Lula girou sua metralhadora e passa a atacar os Estados Unidos e a União Europeia por conta dessa situação de conflito. Todos são culpados. “Qual é a razão da invasão na Ucrânia? É a OTAM? Os Estados Unidos e a Europa poderiam ter dito a Ucrânia não vai entrar na OTAM. Estaria resolvido o problema”.

Por fim nem a ONU foi poupada. :É necessário fazer uma reconstrução. Porque atualmente os países não respeitam a ONU e tomam decisões sem levar em consideração o que fica definido ali.

Redação smp.news

CÁ PRA NÓS: Resumo da entrevista: não sabe o que fazer com a economia; Zelenski é culpado pela guerra (lembram: “resolvo no botequim, tomando todas”?; a ONU é imprestável.

*Essa personalidade teve não uma, mas duas capas da Time em sua homenagem: a primeira em 1939 e a segunda em 1942. No ano de 1940, a revista escreveu sobre sua popularidade após a morte de Lenin: “Joseph Stalin teve um longo caminho de deificação enquanto vivo. Nenhuma lisonja é muito transparente, nenhum elogio é muito amplo para ele. Ele se tornou a fonte de toda a sabedoria socialista” – Aventuras na História uol

**O Fuhrer foi apresentado como uma pessoa do ano em 1938.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.