Menu fechado

Urgente: Daniel Silveira se recusa a usar tornozeleira eletrônica

O deputado federal Daniel Silveira após ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 9 anos e 8 meses e em seguida receber perdão (Graça) através de Decreto Presidencial de Jair Bolsonaro, recusou nesta quarta-feira, 4, a utilizar a tornozeleira eletrônica imposta por Alexandre de Moraes. Na realidade ao receber o oficial de justiça o parlamentar não quis assinar o documento com a determinação do ministro.

Daniel Silveira foi multado em R$ 405 mil, teve suas contas bloqueadas foi proibido de dar entrevistas e utilizar redes sociais. A pena pecuniária é a imposição do uso de monitoramento deveu-se a burla de sanções anteriores, que segundo Moraes não seriam abrangidas pelo Decreto.

Redação smp.news com informações CNN Brasil

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

2 Comentários

  1. maria de fatima ribeiro

    porque tem muito dinheiro se recusar de usar a tornozeleira e burrice não errou??? então a justiça custa mas procura e quando acha tem que pagar ccom multa ou tornozeleira mas paga e dever de cada ser humano que se suja com a justica a polícia e sal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.