Menu fechado

Policiais da Casa Militar do governo paulista são detidos transportando 77 kgs de ouro

Policiais Federais monitoravam na tarde dessa quarta-feira, 4, o pouso de um avião particular no aeroporto estadual, em Sorocaba, com apoio da Polícia Militar Rodoviária. Após a aterrisagem uma carga de malas foi descarregada e colocado no porta-malas de dois carros que seguiram pela Avenida Castelo Branco, sendo acompanhados pela Polícia.

Ao chegarem no quilômetro 74 no pedágio em Itu foram abordados e em seus interiores nos porta-malas estavam 4 malas, 3 com barras de ouro, com peso total aproximado de 77 kgs, avaliado em R$ 23 milhões, e uma com documentos.

Seis suspeitos sendo 4 pm’s – 1 da reserva – foram conduzidos para a delegacia da Polícia Federal em Sorocaba. Um inquérito policial foi instaurado para apurar a possível prática dos crimes de usurpação de bens da União e receptação.

Dois dos policiais são da Casa Militar, órgão do gabinete do governador de São Paulo responsável pela segurança do Palácio dos Bandeirantes, entre outras atribuições.

A Polícia Federal vai investigar se esses policiais militares faziam a escolta do metal. O ouro teria vindo do Mato Grosso e também do Pará e foi encaminhado para perícia no laboratório da PF.

O avião usado para transporte já estava apreendido em outro inquérito criminal. As circunstâncias da utilização proibida deste avião vão ser apuradas, já os suspeitos disseram à Autoridade Policial que a carga é regular.

Em nota, a Casa Militar, narra que afastou os policiais assim que soube do caso. Tanto a Casa Militar quanto a Secretaria de Segurança Pública informaram que um dos policiais envolvidos na ocorrência está afastado do trabalho desde o final do ano passado e que o caso foi encaminhado para apuração da Corregedoria da Polícia Militar.

O tenente-coronel PM da Casa Militar Marcelo Tasso (que estava na equipe abordada) afirmou em nota que o ouro transportado estava “devidamente documentado” e que “nada de ilegal foi constatado” na fiscalização e ninguém foi indiciado.

A Corregedoria da Polícia Militar acompanha as investigações.

Redação smp.news com informações g1

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

2 Comentários

  1. Anônimo

    o que tá faltando meu deus ate a policia envolvida com as coisas erradas crime mesmo so o que falatava misericirdia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.