Menu fechado

Justiça Federal derruba narrativa contra Mayra, Pazuello e outros no caso da falta de oxigênio no Amazonas

MANAUS — A Justiça Federal da 1ª Região, por meio do juiz federal Diego Oliveira, julgou improcedente a ação civil de improbidade administrativa judicializada pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre a crise do oxigênio no Amazonas. Segundo a decisão, a conduta dos seis réus citados não podem ser classificadas como ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração Pública.

A ação tinha como réus o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, o ex-secretário de Saúde do Estado Marcellus Campelo, a ex-secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Mayra Isabel Correia Pinheiro.

“Minha gratidão a todos que acreditaram na minha integridade e honestidade e não se deixaram contaminar pelas narrativas cruéis e mentirosas de alguns políticos inescrupulosos e da imprensa militante”, declarou Mayra Pinheiro.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

Sentença na íntegra:

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.