O presidente Jair Bolsonaro (PL) trocou o comando do Ministério de Minas e Energia. Bento Albuquerque foi exonerado, a pedido, segundo consta na edição de hoje do DOU (Diário Oficial da União). Adolfo Sachsida, que atuava no Ministério da Economia, foi nomeado para ser titular da pasta.

A mudança ocorreu após recentes críticas de Bolsonaro à política de preços da Petrobras, estatal ligada à pasta. Na segunda-feira (10), a empresa anunciou um reajuste de 8,87% no preço do diesel nas suas refinarias.

Sachsida estava na equipe de Paulo Guedes no Ministério da Economia, como assessor especial desde fevereiro de 2022. Antes, Sachsida era o secretário de Política Econômica da Pasta desde o início do governo.

Doutor em Economia e advogado, ele é autor de livros e artigos técnicos sobre políticas econômica, monetária e fiscal, avaliação de políticas públicas, e tributação. Foi professor em diversas universidades brasileiras, entre as quais a Universidade Católica de Brasília, onde foi diretor da graduação e do mestrado em economia. Também foi professor de economia da Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Achou importante? seja nosso parceiro, Considere fazer uma doação, com qualquer valor, para manutenção e aprimoramento do blog e do programa SEM MEIAS MEIAS na rádio cidade 860 am seg-sex 11hs às 12hs. Independência é a arma de uma imprensa fiscalizadora, seu apoio é fundamental (PIX PARA DOAÇÃO: 85 99926.59.58)

1 COMMENT

  1. bolssonaro sabe o que faz reajuste praticamente todo mes so o gas de coziinha não sofreu aumento gracas a Deus to com bolssonaro fora lula

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here