Menu fechado

Cooperativa diz que fundação de forma “abrupta, inesperada e irresponsável” suspendeu contratos que atingiu atendimentos em UPAS de Fortaleza

Conforme ofício direcionados aos cooperados das Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) dos bairros Vila Velha, Bom Jardim e Edson Queiroz, que o blog teve acesso, o presidente da Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré e Hospitalar (Coaph) José Newton Lacerda Carneiro expõe a suspensão “ABRUPTA, INESPERADA E IRRESPONSÁVEL dos contratos” de todas as unidades indicadas acima e que a partir do último dia 12/05 a Cooperativa não é mais responsável pelas PRODUÇÕES das unidades, ou seja, consequente falta de profissionais para o atendimento a população.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, se manifestou negando que o atendimento tenha sido afetado. Segundo ainda a COAPH, sofreram prejuízos no atendimento as UPAs de Horizonte e de Sobral.

Em documento oficial a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Fortaleza disse que as UPAs mencionadas contaram com atendimento médico, em todos os turnos, nesta quinta-feira, 12. A pasta esclareceu que a Fundação Leandro Bezerra de Menezes (FLBM) realizou a substituição da cooperativa responsável pelos plantões médicos, mas garantiu que a nova adesão não impactou no atendimento das unidades.

Redação smp.news

CÁ PRA NÓS: E os motivos para essa repentina mudança? A população de Fortaleza gostaria de saber!

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Canal de Ouvidoria: 85 99761.0860 zap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.