Menu fechado

Cala a boca, Batista!

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, sem nenhuma mineirice vem atuando como opositor do governo federal dando munição a velha imprensa para formar suas narrativas diárias.

A mais nova foi a sugestão “retirada da cartola” de Pacheco que deseja que o executivo redirecione os lucros da Petrobras que recebe, como acionista majoritário, para o combate aos altos preços dos combustíveis e do gás de cozinha.

A velha imprensa foi ao gozo, ao ataque. Pacheco “esqueceu” que o governo Bolsonaro sustentou Estados e Municípios na fase mais crítica da pandemia com R$ 1 trilhão, além de bilhões na compra de vacinas, já que governadores não compraram uma única dose. Outros bilhões foram para brasileiros em situação de vulnerabilidade através do auxílio emergencial e no acréscimo de 4 milhões de famílias no auxílio Brasil, dobrando ainda sua média (R$ 189 para R$ 400). Vale-gás foi implementado. Benefícios para setores empresariais (minimizando a “quebradeira”), que junto com o governo federal seguraram a avassaladora onda que atingia empregos. Governadores e perfeitos, com as exceções de sempre, trancaram todos em casa e contribuíram diretamente com o avanço da pobreza no país.

Jô Soares em seu quadro com o humorista Eliezer Motta já dizia: “cala a boca Batista”.

César Wagner Maia Martins, editor

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.