Menu fechado

Falta diesel na Argentina e caminhoneiros fazem greve. Preço é vendido abaixo da cotação do mercado internacional

No meio do transporte da safra de grãos, falta diesel na Argentina. Boa parte do problema é causado pelo tabelamento de preços, imposto pelo governo do país. O último reajuste autorizado, em 17 de junho, aumentou o valor do combustível em 12%.

Atualmente, o valor médio do litro de diesel é de 126 pesos argentinos, ou R$ 5,32, abaixo do valor internacional, o que inviabiliza importações. Muitos locais limitam o abastecimento a 20 litros por cliente.

Sindicatos ligados ao transporte na região pararam no último dia 22 de junho, e seguem com os caminhões desligados, para tentar reverter os prejuízos causados ao transporte.

PRA NÓS: Lula resolve com uma canetada, diz ele!

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.