Menu fechado

Jornalista Wellington Macedo é levado para posto da Polícia Federal no Rio de Janeiro (vídeo)

A esposa do jornalista Wellington Macedo, Andressa Macedo, divulgou um vídeo onde o marido está sendo conduzido até um posto da Polícia Federal, no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Nas imagens, Wellington Macedo reclama dos constantes constrangimentos que sofre durante suas poucas viagens autorizadas pelo poder judiciário. Ele conta que ao perceberem a tornozeleira, os servidores fazem um “pente-fino” em suas bagagens, além de ser submetido a uma revista pessoal diferenciada e ser conduzido até o posto da Polícia Federal, onde tem que apresentar a autorização de viagem.

Segundo seus advogados, Aécio Palmeira e Daniel Reis, Wellington Macedo foi incluído no inquérito 4879, e foi preso ilegalmente em setembro de 2021, acusado pelo ministro Alexandre de Moraes, da Suprema Corte, de divulgar e promover atos violentos e antidemocráticos no sete de setembro. Macedo coordenou a Marcha da Família Cristã pela Liberdade, no dia 11 de abril de 2021, reunindo cristãos em todo o país contra o fechamento dos templos religiosos, determinado pelo Supremo Tribunal Federal no dia oito de abril. Macedo foi preso no dia 3 de setembro de 2021, ficou 41 dias numa prisão de segurança máxima, mas até hoje segue preso a uma tornozeleira eletrônica, teve suas redes sociais bloqueadas, está proibido de dar entrevistas e só pode viajar com autorização de Alexandre de Moraes.

CÁ PRA NÓS: É um martírio! Até quando?

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA- Compartilhe, fortaleça a mídia independente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.