Menu fechado

Quem sai perdendo?

O noticiário dos últimos dias trouxe uma grande preocupação para a estrutura da Polícia Civil do Ceará: a decisão do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) cujo teor torna obrigatória a realização de audiência de custódia a todos os detidos na Comarca de Fortaleza. Pode até parecer bom, mas peço a sua atenção para uma ideia aparentemente simpática não traga mais violência a um quadro já muito preocupante.

A deliberação chega após inspeção do Conselho Nacional de Justiça e foi acatada neste mês de julho pelo Tribunal de Justiça, amparada pela OAB Ceará, sendo, segundo o TJCE, “mais um instrumento para verificar se há legitimidade ou não na prisão de alguém”. Como se um Delegado ou Delegada já não fizesse isso com o benefício e a vantagem de estar próximo do fato.

O que não parece ter sido levado em conta no momento da decisão é a atual estrutura da Polícia Civil cearense para garantir sua plena realização. Não dispomos de estrutura nem tampouco de pessoal suficiente para o cumprimento da medida. E ainda que dispuséssemos, seria a sociedade como um todo a mais afetada pela possível indisponibilidade de profissionais para investigar crimes de toda espécie. Porque mais uma vez deixariam de cumprir seu mister, que é investigar, para se dedicar às práticas burocráticas causadas pela medida.

Na capital a situação é de penúria. No interior do estado passa a ser dramática. O resultado tende a ser um favor à criminalidade com menos Estado destinado a combater as facções, a desbaratar quadrilhas e atuar de forma que traga um bem à sociedade.

Resta-nos a esperança de que a cúpula da segurança pública do Estado do Ceará, diligente e atenta às necessidades da sociedade, atue para chamar atenção das autoridades judiciárias a fim de que essa atitude não prejudique ainda mais os cearenses que clamam por segurança, no entanto, não têm resposta à altura dos dramas cotidianos.

Nós, delegados de Polícia Civil, acompanharemos a decisão com atenção e indignação dada a carência de nossa instituição para realizá-la a contento. Seguiremos em defesa da nossa categoria e do respeito para com nossas funções e potencialidades.

Jaime Linhares é delegado

smp.news “SOMENTE A VERDADE INTERESSA” – Compartilhe, fortaleça a mídia independente

o espaço disponibilizado é para o debate saudável. Comentário é de inteira responsabilidade do autor

1 Comentário

  1. Irapuan+Diniz+de+Aguiar

    Abordagem lúcida e oportuna de quem conhece a instituição inclusive por tê-la dirigido em várias oportunidades. Ainda há um ranço cultural do desempenho da PC em favor da comunidade pelo desconhecimento de sua realidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.